Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Estou a crescer

 

 

E já entendo muitas coisas, que não entendia quando era mais pequenina e sei que vou ter um Natal cheio de amor, de carinho e com muitas prendas.

Mas o que eu mais desejava era que tu, pai,   passasses o Natal comigo... mas não pode ser, não queres, não quiseste.

Muitas vezes pedi a Jesus que este Natal fosse diferente, mas não vai ser, porque não te tenho ao pé de mim.

A escolha foi tua, mas tenho muita pena.

Sabes, muitas vezes culpei a outra pessoa, mas agora sei que não tem culpa.

Tal como me dizes sempre, «as pessoas só são e só fazem o que deixamos ser e fazer». Agora eu entendo isto.

Gosto de ti muito, mas não compreendes  o que sinto.

 

Desejo-te um Feliz Natal...

 

 

 

 

 

 

tags: , , , ,
Escrito por Estupefacta às 16:07
Link do post | Os meus preferidos são
De aspalavrasnuncatedirei a 21 de Dezembro de 2007
Olá Princesa!
Quando era pequena escrevi ao Pai Natal cartas iguais à tua, e percebo bem aquilo que sentes.
Tu começas o teu post com uma frase muito interessante «já entendo muitas coisas» por isso eu sei que vais entender o que te vou fizer: no Natal, assim como na nossa vida, não interessam as pessoas que por não quererem, ou não poderem, não estão ao nosso lado.
Apenas interessam aquelas pessoas que diariamente nos fazem felizes e se preocupam connosco... e isso tenho a certeza que não te falta, tens uma mãe fantástica.
Quanto à tua frase «muitas vezes culpei a outra pessoa», também irás aprender que ninguém tem culpa de nada, que as pessoas amam e deixam de amar com a mesma naturalidade e que não há nada na vida que dure para sempre.
Deixo-te um grande beijinho, desejo-te um Feliz Natal e um 2008 espectacular.
Beijinho também para a tua mãe.
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Eu sou assim, mas...

. 141 seguidores

Estive a pensar

Ele está

Banho Maria

Para ti e para mim

TEENAGER

Aos Seus olhos

Ano novo

Grande ausência

Tipicamente

Senti-me importante

Pois é, também sou

Baú das Bonecas

links

blogs SAPO
RSS